Teste PCA3

O câncer de próstata é um dos tumores mais frequentes diagnosticados em homens e apresenta índices de morbidez e mortalidade muito significativos. Na Espanha são diagnosticados mais de 25.000 casos anuais, o que representa 21% dos tumores entre homens.

Nas fases iniciais da doença, a maioria dos homens com câncer de próstata é assintomática.

Os métodos atuais para a triagem do câncer de próstata utilizam o marcador tumoral PSA (antígeno prostático específico), o tato retal e os exames de imagem, como indicadores para a realização de uma biopsia prostática, a qual possibilita a confirmação do diagnóstico.

O exame de PSA é feito no sangue do paciente e detecta a proteína de mesmo nome, produzida pelas células prostáticas. Se houver um problema na próstata, como um câncer de próstata, uma próstata expandida ou uma infecção nela (prostatite), o valor de PSA no sangue aumenta. Se o resultado da análise de PSA for elevado e o tato retal (TR) resultar suspeito, o procedimento mais provável é a biopsia da próstata para confirmar ou descartar a presença de câncer.

A pouca especificidade dos exames atuais gerou um aumento considerável do número de biopsias prostáticas, 75% das quais são negativas.

O teste PCA3 parte de uma amostra de urina depois de um tato retal para determinar o RNAm do gene. O teste é específico para o câncer de próstata e, diferentemente do PSA, não é afetado por sua expansão ou por outras doenças não cancerosas relacionadas à próstata, resultando útil para a detecção desta patologia.

O teste também proporciona informações sobre a agressividade do tumor, pelo que também pode ajudar a tomada de decisões terapêuticas.

O gene PCA3 (Prostate Cancer Antigen 3 Gene) é o primeiro gene específico de próstata capaz de mostrar uma sobre-expressão em células prostáticas tumorais.

O teste baseia-se no fato de que nas células cancerígenas da próstata se detecta de 60 a 100 vezes mais RNA mensageiro (RNAm) do gene PCA3 do que em células prostáticas normais.

  • Pacientes com um resultado de PSA elevado ou outros resultados clínicos suspeitos (por exemplo, um TR suspeito), com o objetivo de avaliar a necessidade de uma biopsia.
  • Pacientes com biopsia negativa, mas nos quais se continua suspeitando que possa haver um câncer de próstata.
  • Pacientes com biopsia positiva, com o objetivo de conhecer a agressividade do câncer.
  • Pacientes com câncer de próstata e conduta expectante (sem tratamento), para acompanhamento de vigilância ativa e determinar se o câncer progride.
  • Homens com histórico familiar de câncer de próstata.
  • Não de deve utilizar em pacientes que estejam tomando medicamentos que afetem os níveis de PSA, como finasterida (Poscar, Propecia), dutasterida (Avodart) e terapia de antiandrógenos (Lupron).
  • Os procedimentos terapêuticos e de diagnóstico (como prostatectomia, radiação, biopsia de próstata e outros) podem afetar a viabilidade do tecido prostático e repercutir no valor de PCA3.

No diagnóstico: Quanto mais elevado o valor do PCA3, mais  provável será uma biopsia positiva. Também, quanto mais baixo, mais provável será que a biopsia seja negativa.

No tratamento: Quanto mais elevado o valor do PCA3, mais alta a probabilidade de que o câncer seja agressivo e que seja preciso recorrer a um tratamento ativo, como a cirurgia ou a radioterapia.

Os resultados do teste de PCA3 devem ser interpretados junto com os dados de laboratório e com os dado clínicos que estejam à disposição do especialista.

Amostra: Urina coletada depois de tato retal por micção espontânea (ver instruções do kit específico do teste PCA3).

Instruções: Solicitar instruções de coleta e conservação da amostra.

Copyright © 2014-2020 Labco Noûs. Todos os direitos reservados.
criado por mediadetails - comunicação interactiva
Queremos garantir que desfrute de navegar no nosso website e que tenha uma experiência eficaz. Como tal, este website coloca « cookies » no seu computador de forma a recolher informação sobre a sua utilização do website. por favor clique no botão « OK » para consentir na utilização de cookies neste website.

Consulte a nossa Declaração de Privacidade de Dados e a nossa Política de Cookies para mais detalhes sobre o seu funcionamento.
Política de Cookies
OK