Cardiovascular

A doença cardiovascular (DCV) é a primeira causa de morte e de hospitalização na população espanhola.

O risco cardiovascular define-se como a probabilidade de sofrer um evento cardiovascular nos próximos 10 anos. Esta probabilidade está determinada pela presença de fatores de risco, de forma que quanto maiores os fatores de risco, maior a probabilidade de desenvolver um evento cardiovascular.

A frequência de pessoas assintomáticas com fatores de risco cardiovascular, em risco de desenvolver um evento cardiovascular, é elevada na população espanhola.

Os fatores de risco cardiovascular classificam-se em modificáveis e não modificáveis. Os fatores modificáveis, como o seu nome indica, permitem atuar sobre o risco cardiovascular global, reduzindo as taxas de morbidade e mortalidade para a DCV.

  • Fatores de risco modificáveis: tabagismo, álcool, sedentarismo,
    má alimentação, colesterol elevado, hipertensão arterial, obesidade abdominal, diabetes mellitus, estresse, etc.
  • Fatores de risco não modificáveis: idade, sexo, histórico familiar e fatores genéticos de predisposição.

31% da população espanhola de 35 a 65 anos apresenta dois fatores de risco cardiovascular, e 6% três. Isso indica que a identificação dessas pessoas e a prevenção da DCV são especialmente importantes.

A maioria dos casos de DCV está estritamente relacionada a hábitos de vida e fatores bioquímicos modificáveis.

A avaliação bioquímica de risco cardiovascular é composta por quatro perfis analíticos:

  • Perfil de risco cardiovascular CARDIOVA
    Colesterol total
    cHDL
    Triglicéridos
    cLDL
    Homocisteína
    Índice aterogênico
    Colesterol não HDL
    Taxa colesterol total/cHDL
    PCR quantitativa ultrassensível
  • Perfil de risco de infarto do miocárdio RIMF
    apo A-1
    apo B
    Taxa apo A-1 / apo B
  • Perfil de aterosclerose e fatores de risco
    ATERO
    CARDIOVA + RIMF
  • Perfil de risco cardiovascular avançado
    CARDIOPLUS
    CARDIOVA + RIMF +:
    apo E
    Lipoproteína (a)
    Fibrinógeno
    NT-proBNP
    Taxa apo B / apo A-1
    Vitamina B9 (ácido fólico)
    Vitamina B12
    Vitamina D 25-hidroxi colecalciferol

Os quatro perfis proporcionam informações do risco relativo e sua representação em um gráfico de riscos. Assim, esses perfis analíticos são de grande utilidade na prevenção e controle da DCV.

A avaliação bioquímica do risco cardiovascular é especialmente indicada para:

  • Pessoas de 35 a 65 anos classificadas em risco cardiovascular intermediário ou alto
  • Pessoas com antecedentes familiares de doença cardiovascular
  • Pessoas classificadas com risco baixo e sem antecedentes familiares

A avaliação bioquímica de risco cardiovascular deve ser feita pelo menos uma vez por ano.

Amostra: soro ou soro e plasma, dependendo do perfil analítico solicitado.

Outros requisitos: jejum de 12 horas.
Copyright © 2014-2020 Labco Noûs. Todos os direitos reservados.
criado por mediadetails - comunicação interactiva
Queremos garantir que desfrute de navegar no nosso website e que tenha uma experiência eficaz. Como tal, este website coloca « cookies » no seu computador de forma a recolher informação sobre a sua utilização do website. por favor clique no botão « OK » para consentir na utilização de cookies neste website.

Consulte a nossa Declaração de Privacidade de Dados e a nossa Política de Cookies para mais detalhes sobre o seu funcionamento.
Política de Cookies
OK